Tendências fundamentais moldando o marketing!

O título deste artigo foi retirado do livro Marketing 4.0, de Philip Kotler, bem como o texto que segue a seguir. O objetivo é incentivar estudantes e profissionais da área, como também os empresários, a se atualizarem sobre as mudanças que vêm ocorrendo no marketing. Desta forma, separei parte do conteúdo da Primeira Parte do livro:

“1) Mudanças de poder para os consumidores conectados

Hoje vivemos em um mundo totalmente novo. A internet, que trouxe conectividade e transparência às nossas vidas, tem sido em grande parte responsável por essas transformações. Grandes corporações também encontraram dificuldade para cultivar a inovação dentro de suas organizações. Empresas como a Microsoft e Amazon acabaram precisando adquirir empresas menores, porém mais inovadoras, como Skype e Zappos.

Estamos testemunhando também como uma estrutura de poder vertical tem sido diluída por uma força mais horizontal. Vemos, por exemplo, como no topo dos países mais populosos do mundo estão os “Estados Unidos do Facebook”, com sua população de 1,65 bilhão de pessoas. Vemos ainda como os indivíduos agora recorrem ao Twitter para saber as últimas notícias a partir de outros cidadãos, quando no passado uma grande rede de televisão com a CNN seria o canal confiável.

Até o YouTube pegou Hollywood de surpresa com seu sucesso repentino. Uma pesquisa encomendada pela revista Variety revelou que, na faixa dos 13 aos 18 anos, celebridades do YouTube são mais populares do que astros do cinema americano.

Agora o poder não reside nos indivíduos, mas nos grupos sociais. Ditadores foram derrubados por pessoas conduzidas por líderes desconhecidos. Combatentes do ebola foram escolhidos como Personalidade do Ano pela revista Time em 2014 em vez do presidente americano Barack Obama. Esses movimentos alteraram radicalmente nosso mundo, levando a uma realidade na qual as forças horizontais, inclusivas e sociais sobrepujam as forças verticais, exclusivas e individuais e, comunidades de consumidores tornaram-se cada vez mais poderosas.

Essas comunidades são mais ruidosas e não têm medo das grandes empresas e marcas. Adoram compartilhar histórias, boas e ruins, sobre suas experiências de consumo. Círculos sociais tornaram-se a principal fonte de influência, superando as comunicações de marketing e até as preferências pessoais. É como se estivessem se protegendo de alegações falsas das marcas ou de campanhas publicitárias ardilosas e usando seus círculos sociais para construir uma fortaleza.”

Convido a todos a lerem o livro, que fala sobre as mudanças do Marketing – do Tradicional ao Digital – e a entender de que forma é preciso encarar essa nova realidade e a se preparar para continuar nesse mercado com grandes transformações. Quem é o novo consumidor? Como ele se comporta? Como sua empresa precisa se comportar?

Leia também: Você tem tempo?

contato@heloisajeremias.com.br

Compartilhe